A-M inicia ambiciosa transição para a economia de carbono zero

A-M inicia ambiciosa transição para a economia de carbono zero

A-M inicia ambiciosa transição para a economia de carbono zero

English version available below.

 

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial, o planeta está mais quente do que no período anterior ao processo de industrialização. A Revolução Industrial mudou não só nosso cenário econômico, como também o modo produtivo, onde a produção elevada, devido ao consumo exagerado, resulta no aumento da exploração de recursos naturais, consequentemente aumentando a poluição atmosférica.

Estabelecido em 2015 no Acordo de Paris – tratado mundial com o objetivo de reduzir o aquecimento global – o limite máximo é que a temperatura média do planeta não ultrapasse 1,5°C em relação aos níveis pré-industriais. De acordo com o Relatório Especial do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), publicado em 2018, permitir que as temperaturas globais subam 2°C acima dos níveis pré-industriais, trará consequências ainda mais devastadoras, incluindo impactos duradouros e até mesmo irreversíveis, como a perda de alguns ecossistemas.

A Science Based Targets (SBTi), uma iniciativa que busca impulsionar ações climáticas no setor privado, com base científica, lidera a campanha “Business Ambition for 1,5°C”, criada em 2019, em parceria com o Pacto Global (United Nations Global Compact) e a Organização das Nações Unidas (ONU). Considerado o maior movimento contra as mudanças climáticas, a campanha é um apelo urgente à ação de uma coalizão global, e seu principal objetivo é incentivar as empresas a se comprometerem com uma meta alinhada para um futuro de 1,5°C.

A sustentabilidade é um princípio central da nossa missão e diretamente ligada ao nosso propósito de Purificar e Proteger, com Cada Fibra, para um Mundo Sustentável, por isso temos orgulho em compartilhar que a A-M é uma das 1255 empresas comprometidas com a campanha, tendo como alvo a redução para 1,5°C até o ano de 2030. Além de fazer parte de um representativo grupo de empresas que buscam soluções eficazes para enfrentar os desafios climáticos globais, esse engajamento nos permitirá fortalecer nossos negócios e reduzir os custos, uma estratégia de sustentabilidade que abrange todos os critérios ESG (Ambiental, Social e Governança).

 

A-M kick-off the ambitious transition to zero carbon economy

 

According to the World Meteorological Organization, the planet is warmer than in the period before the industrialization process. The Industrial Revolution changed not only our economic scenario, but also the way of production, which high production due to exaggerated consumption, results in increased exploitation of natural resources, consequently increasing atmospheric pollution.

Established in 2015 in the Paris Agreement – ​​a global pact with the objective of reducing global warming – the maximum limit is that the average temperature of the planet does not exceed 1.5°C in relation to pre-industrial levels. According to the Intergovernmental Panel on Climate Change (IPCC) Special Report, published in 2018, allowing global temperatures to rise 2°C above pre-industrial levels will have even more devastating consequences, including lasting and even irreversible impacts, as the loss of some ecosystems.

Science Based Targets (SBTi), an initiative that seeks to boost climate action in the private sector, based on science, leads the “Business Ambition for 1.5°C” campaign, created in 2019, in partnership with the Global Compact (United Nations). Considered the biggest movement against climate change, the campaign is an urgent call to action from a global coalition, and its main objective is to encourage companies to commit to an aligned goal for a future of 1.5°C.

Sustainability is a central principle of our mission and directly linked to our purpose of Purifying and Protecting, with Every Fiber, for a Sustainable World, so we are proud to share that A-M is one of the 1255 companies committed to the campaign, having as target the reduction to 1.5°C by the year 2030. In addition to being part of a representative group of companies that seek effective solutions to face global climate challenges, this engagement will allow us to strengthen our business and reduce costs, a strategy of sustainability that covers all ESG criteria (Environmental, Social and Governance).

Compartilhe essa páginaCompartilhe essa página